Pastorais

Da panela a farinha não se acabou, e da botija o azeite não faltou, segundo a palavra do Senhor, por intermédio de Elias (1Rs 17.16).

Vivemos dias de crise moral, existencial e econômica! Ela está presente em todos os lugares e atinge todas as pessoas. Mas, em meio a tudo isso, Deus está conosco. Não há casualidades na vida do cristão. Deus tem planos para o seu povo e Ele jamais entra em pânico. Devemos crer na doutrina da providência de Deus, pois ela é uma continuação da sua criação e redenção. William Cowper diz: “Feliz é o homem que vê Deus envolvido em tudo de bom e de mau que acontece na vida”. Meditemos no milagre da farinha e do azeite, que nos mostra exatamente isso.

Primeiro, Deus nos sustenta diariamente: “Da panela a farinha não se acabou, e da botija o azeite não faltou”.

Deus supre as necessidades essenciais do seu povo. Farinha e azeite era o “arroz com feijão” do povo de Israel. Sabemos que Deus sustenta o seu povo diariamente, na casa do crente jamais faltará “o pão nosso de cada dia”. O justo jamais ficará desamparado. É promessa de Deus! Thomas Watson declarou: “Deus deve merecer nossa confiança quando sua providência parece correr em sentido contrário às suas promessas”. Ele prometeu cuidar de Israel na caminhada para a terra prometida. Fez isso ao mandar o maná do céu para sustentar o seu povo no deserto. Durante quarenta anos, caiu maná do céu por seis dias da semana, exceto aos sábados. Deus continua o mesmo, Ele cuida de você hoje! Liberte-se da ansiedade, da dúvida e da incredulidade. Olhe agora para o Senhor.

Segundo, Deus faz milagres nas crises: “não se acabou” e “não faltou”.

Esse milagre aconteceu na casa de uma viúva, em Sarepta. Era um tempo de seca e fome em Israel. Mas, Deus usou esta viúva para sustentar o profeta Elias e, ao mesmo tempo, abençoar a sua casa. George Muller disse: “A fé não atua no âmbito das possibilidades. Não há glória para Deus naquilo que é humanamente possível. A fé começa onde as forças do homem terminam”. Os milagres de Deus são naturais à fé cristã. Se tirarmos os milagres da Bíblia, a nossa fé perderá a sua base.  William S. Plumer disse: “Uma religião sem maravilhas é falsa. Uma teologia sem maravilhas é herege”. Os milagres estão presentes na criação, na providência e na redenção. Deus sempre fez milagres na vida do seu povo, principalmente, nos momentos de crise.

Terceiro, Deus faz milagres para aquele que possui fé e obediência: “segundo a palavra do Senhor, por intermédio de Elias”.

A viúva só tinha um punhado de farinha e um pouco de azeite. O profeta ordenou que ela fizesse uma comida para ele. Ela obedeceu e o milagre aconteceu. Aprenda de uma vez para sempre: só obedece a Deus quem confia nele. Fé demonstrada pela obediência é o segredo para que os milagres de Deus aconteçam na sua vida. A fé é a artéria vital da alma. Vivemos pela fé, e a vida é sustentada pela obediência. A fé aumenta pela oração, fortalece pela meditação na Palavra e seu propósito é cumprido quando submetemo-nos diariamente ao Senhor Jesus, em total obediência. Richard Sibbes disse: “Quanto maior a fé que levarmos a Cristo, maior a medida que dele obteremos”. Busque a Deus hoje. Vá até Ele com fé e esperança. Uma fé firme na providência especial de Deus é a solução para todos os problemas desta vida.

Rev. Arival Dias Casimiro

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário