O pecado nos leva a tentar a enganar o nosso próximo. Passamos uma imagem colorida de nós mesmos, otimista, piedosa, mas se as pessoas nos conhecessem como de fato nós somos, talvez ficaram escandalizados, talvez se afastariam. A Bíblia diz que se nós andarmos na luz como Deus está na luz, é que nós temos comunhão uns com os outros, mas quando se anda nas trevas, é impossível ter plena comunhão, porque as trevas não permitem um relacionamento de integridade, de fidelidade, de respeito, de amor e de companheirismo. Quando você abriga o pecado no seu coração, você precisa botar uma máscara, você precisa ser hipócrita, você precisa fingir, você precisa passar uma imagem de você mesmo, que você lá dentro sabe que não é mais verdade. Então, o pecado leva você a tentar enganar as pessoas, porque de fato, o que está acontecendo lá no seu íntimo chocaria as pessoas, escandalizaria as pessoas, ofenderia as pessoas, afastariam essas pessoas de você, daí o perigo do pecado; é que ele seduz você, ele engana você, para que você então tente passar uma imagem mais otimista a seu respeito, de que de fato é a realidade a seu respeito.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário