Os filhos treinados na obediência bíblica são mais aptos a entenderem o evangelho e as lições secundárias da disciplina bíblica. Pois embora eles não gostem inteiramente da submissão, ao treiná-los a fazer o que devem, independente se gostam ou não, os preparamos para serem pessoas que vivem por princípios e não por sentimentos ou impulsos. Aprendem que não podem confiar em si mesmos, que existe um ponto de referência fora de si mesmas, que o comportamento tem implicações morais e resultados inevitáveis. Se eles saem do círculo, nossa função é resgatá-los novamente para dentro, nossa autoridade representa a autoridade de Deus, somos agentes dele. O treinamento dos filhos à obediência tem que ser feito nos primeiros anos da infância com a comunicação ou a disciplina corretiva, quando não atendem uma ordem que tem a capacidade de entender, mas não obedecem sem desafio, desculpa ou demora, pois Deus afirma: “O coração da criança é inclinado à insensatez, mas a vara da disciplina a afastará dela.” Provérbios 22.15.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário