O nome que lhe foi dado no nascimento, Sarai, significa ”minha princesa”. (Seu nome não foi mudado até ela completar noventa anos, de acordo com Gênesis 17.15). A Bíblia comenta várias vezes sobre como ela era estonteantemente atraente. Em todo lugar que ia, recebia favor e privilégio instantaneamente por causa da sua boa aparência.
Felizmente, Sara era muito mais do que isso. Ela tinha qualidades importantes, mesmo, também, tendo defeitos notórios. A Bíblia sempre a elogia por sua fé e firmeza. O apóstolo Pedro recorreu a ela como o modelo principal da maneira pela qual toda mulher deve ser submissa à liderança do seu marido. Ainda que haja esses momento terríveis de petulância e até mesmo de crueldade, lembremo-nos de que Sara era uma criatura cheia de conflito e de carne e osso como nós.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário