Link do artigo: https://www.ippinheiros.org.br/blog/s… Tenho há alguns anos o objetivo de conscientizar Igrejas sobre a importância dos sistemas de som e como tentar minimizar os problemas técnicos que tenho visto com frequência pelo Brasil, principalmente quando ministro treinamentos e workshops. Na maioria das vezes esses problemas seriam facilmente corrigidos se dentro da congregação houvesse pessoas com um conhecimento melhor sobre sonorização. Essa falta de conhecimento resulta em problemas que afastam visitantes, provocam desconforto nas pessoas e, principalmente, distorcem a mensagem ali passada! Muitos dos problemas de som que me relatam por aí, na verdade, não tem a ver com o sistema de som e sim com o despreparo, ou às vezes até mesmo com o descaso, por parte das pessoas que utilizam de alguma forma o sistema, como palestrantes, músicos ou apresentadores. Manuseio correto dos microfones, passagem de som bem executada, ensaios frequentes da equipe de música, exercícios vocais para melhorar a dicção e manter os instrumentos sempre afinados permitem com que o som final seja melhor porque a origem tem maior qualidade. Se a fonte sonora não estiver boa não tem como a mixagem final ficar boa. Mesa de som, infelizmente, não faz milagres. Se ela fizesse, já estaria beatificada! hehehe… Acompanhe a Rádio Pinheiros 24h por dia: www.ippinheiros.org.br/radio Blog: https://www.ippinheiros.org.br/blog/ Página da Church Tech Expo https://www.facebook.com/churchtechexpo/ Palestra do Cadu na Churc Tech Expo https://www.facebook.com/355281204653… Link do Evento no FaceBook https://www.facebook.com/events/20860…

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário