O coração é tido como o centro da personalidade. Não indica meramente a sede dos afetos e das emoções. Nas Escrituras “coração” inclui mente, emoção e vontade. Fala do homem na sua totalidade. Jesus está falando que a pureza deve penetrar em todos os corredores da nossa vida: nossos pensamentos, emoções, motivações, desejos e vontade.
De tudo o que o homem deve guardar, principalmente deve guardar o seu coração. Dele procedem as fontes da vida. Davi orou: “Que as palavras dos meus lábios e o meditar do meu coração sejam agradáveis na tua presença”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário