Para ler o artigo, acesse: https://www.ippinheiros.org.br/blog/e… O que Sócrates, Tomás de Aquino, Pascal, Einstein, Shakespeare, Lutero, tinham em comum? Qual a relação entre esses nomes e tantos outros além do fato de todos já terem falecido? Sem dúvidas, esses personagens moldaram a nossa história, pois todos contribuíram de uma forma ou de outra para o que chamamos, hoje, de modernidade. E ainda mais interessante é o fato de que todos tiveram um mesmo tipo de educação. Uma educação clássica. Talvez você tenha visto e/ou acompanhado essa onda recente sobre educação clássica, e mais especificamente cristã clássica. Na verdade, ela surgiu há algum tempo nos Estados Unidos por meio do reverendo Douglas Wilson, depois de revisitar um artigo escrito por Dorothy Sayers, apresentado em forma de palestra, no ano de 1947 (mas esse seria um assunto para um outro artigo). O que nos cabe neste momento é apresentar, de forma resumida, o significado de educação cristã clássica, e defendê-la de um de seus ataques mais comuns: o mito da bolha.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário