A essência da obra do Espírito Santo no corpo de Cristo é diferente de sua obra no indivíduo. A Igreja é completa na vontade divina com seu destino e curso preparados por Ele e divinamente predestinada e atraída pela vontade onipotente de Deus. No homem, Deus colocou forças morais atreladas a sua natureza, que por sua vez coloca obstáculos infindáveis no caminho do homem, a qual Deus se adapta por sua graça para manifestar o seu amor. Esse amor é demonstrado em Cristo de maneira tão surpreendente que é irresistível aos eleitos de Deus sem possibilidade de explicação de como esse alcance aconteceu, definido então como uma essência misteriosa. Leia aqui o artigo: https://www.ippinheiros.org.br/blog/a…

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário