PastoraisSem categoria

George Barna afirma que relacionamento é o “produto” que a igreja tem para oferecer às pessoas. Relacionamento com Deus (vertical) e relacionamento

interpessoal ou das pessoas umas com as outras (horizontal). Por isso, a igreja deve investir todos os seus esforços e recursos para oferecer o melhor

relacionamento possível.

 

A vida comunitária na igreja, em suas diversas atividades,

pode levar o crente a negligenciar o seu relacionamento pessoal com Deus. Isto não deve acontecer.

 

 Comunhão com Deus deve ser a prioridade do cristão.

 

A qualidade de todos os outros relacionamentos depende de um bom relacionamento com Deus. Paulo fala agora de quatro atitudes internas dos crentes ou quatro mandamentos que precisam ser praticados (1Ts 5.16-19), no seu relacionamento com Deus:

 

Regozijai-vos sempre.

A alegria é um mandamento bíblico e o resultado principal da nossa salvação (Fp 4.4). Ser salvo é ser invadido pela alegria de Deus. Por isso devemos

adorar ao Senhor com alegria, trabalhar para o Senhor com alegria, viver alegre e contente em qualquer situação e proclamar as boas novas de grande

alegria. A alegria do Senhor é a nossa força.

 

 

Orai sem cessar.

A oração é o meio que temos para vencer as nossas ansiedades e tristezas. Por isso, quem ora, é alegre. E para regozijarmos sempre precisamos orar incessantemente

(Fp 4.6). Precisamos nos agarrar a Deus, em oração (Cl 4.2).

 

Em tudo, daí graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para

convosco.

O cristão deve achar motivos para louvar e agradecer a Deus em todo tempo e em qualquer situação. A razão para isto é que tudo que acontece é a vontade de Deus

para a sua vida. Não importa a situação, poderemos agradecer a Deus (Rm 8.28).

 

Não apagueis o Espírito.

A alegria, a oração e a gratidão são produzidas e alimentadas no coração do crente, pela presença do Espírito. Apagar o Espírito significa frieza espiritual. A

metáfora do fogo aplicada ao Espírito (Mt 3.11; At 2.3; Rm 12.11), simboliza poder, energia, pureza e fervor espiritual. 

 

Observe as quatros atitudes básicas:

regozijo, oração, gratidão e fervor espiritual. Podemos dizer assim, quatro características de uma igreja autêntica: É uma igreja feliz; é uma igreja que ora;

é uma igreja agradecida; é uma igreja fervorosa no Espírito.

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário