“Não vos assemelheis, pois, a eles; porque Deus, o vosso Pai, sabe o de que tendes necessidade, antes que lho peçais” (Mateus 6.8).

 

Quando lemos a Bíblia descobrimos como a oração é importante e necessária para nós. Precisamos orar principalmente naqueles momentos difíceis, quando somos provados ou tentados. Há cinco verdades bíblicas que precisamos saber quando formos orar:

 

Deus sabe tudo.

Não existe nada no céu ou na terra que Ele não tem conhecimento. “O Senhor olha desde os céus e está vendo a todos os filhos dos homens; do lugar de sua morada, observa todos os moradores da terra” (Sl 33.13-14).

 

Deus tem recursos para suprir qualquer necessidade.

Ele é rico o suficiente para suprir cada uma das nossas necessidades. “E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus cada uma de vossas necessidades” (Fp 4.19).

 

Deus quer que oremos a Ele apresentando as nossas necessidades.

Devemos pedir e buscar a Deus, pois todo aquele que pede recebe. “Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e a quem bate, abrir-se-lhe-á” (Mt 7.7-8).

 

Nós não sabemos o que realmente precisamos.

Às vezes pedimos algo, e Deus nos dá outra coisa. Não sabemos orar como convém. “Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis” (Rm 8.26).

 

Deus sabe o que verdadeiramente precisamos antes de orarmos.

“Não vos assemelheis, pois, a eles; porque Deus, o vosso Pai, sabe o de que tendes necessidades, antes que lho peçais” (Mt 6.8).

 

Então, por que orar?

 

NÓS NÃO ORAMOS PARA INFORMAR A DEUS.

“Senhor, tu me sonda e me conheces. Sabe quando me assento e quando me levanto; de longe penetras os meus pensamentos. Esquadrinhas o meu andar e o meu deitar e conheces todos os meus caminhos. Ainda a palavra me não chegou à língua, e tu, Senhor, já a conheces toda” (Sl 139.1-4).

 

NÓS ORAMOS PARA EXPRESSAR A NOSSA DEPENDÊNCIA DE DEUS.

Tendo-se levantado alta madrugada, saiu, foi para um lugar deserto e ali orava (Mc 1.35).

 

NÓS ORAMOS PORQUE DEUS É LOUVADO PELA NOSSA FÉ PERSISTENTE.

“Não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que a ele clamam dia e noite, embora pareça demorado em defende-los? Digo-vos que, depressa, lhes fará justiça. Contudo, quando vier o Filho do Homem, achará, porventura, fé na terra?” (Lc 18.7-8).

 

NÓS ORAMOS PORQUE DEUS É DEUS E NÓS SOMOS HOMENS.

Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao teu nome dá gloria, por amor da tua misericórdia e da tua fidelidade. Por que diriam as nações: onde está o Deus deles? No céu está o nosso Deus e tudo faz como lhe agrada (Sl 115.1-3).

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário