Pastorais

Aviva a tua obra, ó Senhor, no decorrer dos anos…” (Habacuque 3.2).

Nós, que vivemos os bastidores de uma igreja local, pastoreando o rebanho de Cristo, observamos um preocupante paradoxo: mesmo havendo declínio espiritual há o crescimento numérico na igreja. As igrejas estão cheias, mas as pessoas estão vazias da Palavra, do compromisso da obediência e do contentamento do Espirito. Paul E. G. Cook afirma: “O declínio espiritual nem sempre é refletido numericamente; ele consiste numa retirada da vida espiritual verdadeira da Igreja e pode até mesmo acontecer em tempos de aumento numérico”.

A solução para tal situação é o avivamento espiritual. Precisamos urgentemente de um avivamento! Esse será produzido por Deus, mas deverá ser buscado pela igreja, através da oração. Maurice Roberts diz: “A oração suprema, que a Igreja precisa em nosso mundo, deve ser por reavivamento”.

O que é um Avivamento – Avivamento ou reavivamento pode ser descrito de diversas maneiras. “Avivamento é aquela estranha e soberana obra de Deus na qual Ele visita o seu próprio povo, restaurando-o, reanimando-o e libertando-o para receber a plenitude de sua bênção” (Stephen Olford). “Avivamento é um abundante derramamento do Espirito de Deus sobre o seu povo, renovando-o e despertando-o de sua preguiça espiritual e desobediência, levando-o a preocupar-se com o pecado, a santidade de vida e a glória de Deus. O resultado é que um grande número de pessoas fora da igreja e descrentes é trazido a Cristo e a sua igreja. No reavivamento, Deus dá uma nova saúde espiritual aos já crentes e nova vida aos mortos” (David Eby). “Um avivamento fica marcado pela vitória do Espirito sobre a carne” (Russel Shedd). Em síntese, afirmamos que o avivamento é uma atividade espiritual realizada por Deus, na vida do seu povo, por meio da ação poderosa do Espirito Santo. O objetivo do avivamento é a revitalização espiritual da sua igreja.

Motivos para orar por Avivamento – Quando olhamos para a nossa vida espiritual e para situação espiritual da Igreja hoje, podemos relacionar alguns motivos que nos impulsionam a orar por avivamento:

– Quando a leitura bíblica e o compromisso com a Palavra
são desprezados;
– Quando a oração deixa de ser vital para o cristão;
– Quando a santificação é desprezada pelo cristão;
– Quando o lazer e o trabalho prejudicam a piedade;
– Quando o pecado é cometido sem incomodar a
consciência;
– Quando não existe adoração em espirito e verdade;
– Quando não há compromisso com a obra de Deus;
– Quando há mau testemunho por parte dos crentes;
– Quando não há líderes comprometidos;
– Quando não há conversões na Igreja;
– Quando não existe unidade na Igreja;
– Quando faltam visão e ação missionária.

Peça a Deus um Avivamento – Devemos orar pedindo a Deus um avivamento espiritual. A base para tal pedido encontra-se na Bíblia: “E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra” (2Cr 7.14); “Torna-nos a trazer, ó Deus da nossa salvação, e faze cessar a tua ira de sobre nós. Acaso estarás sempre irado contra nós? Estenderás a tua ira a todas as gerações? Não tornarás a vivificar-nos, para que o teu povo se alegre em ti? Mostra-nos, Senhor, a tua misericórdia, e concede-nos a tua salvação” (Sl 85.4-7); “Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; Pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que desejais. Então me invocarei, passareis a orar a mim, e eu vos ouvirei. Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes com todo o vosso coração” (Jr. 29.11-13; 33.3); “Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes” (Lucas 11.9-13).

Meus irmãos, quando Deus vai enviar um avivamento, primeiramente. Ele envia seu Espirito de súplica e intercessão. Vamos orar objetiva e incessantemente pelo avivamento.

Rev. Arival Dias Casimiro

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário