Pastorais

Momento devocional (quiet time) é um encontro pessoal e diário com Deus. O objetivo desse encontro é escutar a voz de Deus pela Palavra e falar com Ele pela oração. Apresento-lhe alguns motivos para você ter um momento devocional com Deus:

Primeiro, é um desejo e uma ordem de Deus para nós. Andou Enoque com Deus e já não era, porque Deus o tomou para si (Gn 5.24). Deus quer que andemos com Ele e Ele deseja a nossa companhia. Deus ordenou a Josué: Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem sucedido (Js 1.8).

Segundo, Jesus é o nosso exemplo de vida devocional. Tendo-se levantado alta madrugada, saiu, foi para um lugar deserto e ali orava (Mc 1.35). Jesus praticava a vida devocional diariamente, sempre sozinho e num lugar isolado. Ele, porém, se retirava para lugares solitários e orava (Lc 5.16). Antes de tomar qualquer decisão importante, Ele orava mais: Naqueles dias, retirou-se para o monte, a fim de orar, e passou a noite orando a Deus (Lc 6.12).

Terceiro, vida devocional era uma prática habitual dos servos de Deus. Davi dizia: De manhã, SENHOR, ouves a minha voz; de manhã te apresento a minha oração e fico esperando (Sl 5.3). Daniel praticava habitualmente: Daniel, pois, quando soube que a escritura estava assinada, entrou em sua casa e, em cima, no seu quarto, onde havia janelas abertas do lado de Jerusalém, três vezes por dia, se punha de joelhos, e orava, e dava graças, diante do seu Deus, como costumava fazer (Dn 6.10). A vida devocional ajuda-nos a viver e sobreviver espiritualmente.

Quarto, aprofunda o nosso relacionamento com Deus e amadurece o nosso caráter. Por esta causa, me ponho de joelhos diante do Pai, de quem toma o nome toda família, tanto no céu como sobre a terra, para que, segundo a riqueza da sua glória, vos conceda que sejais fortalecidos com poder, mediante o seu Espírito no homem interior; e, assim, habite Cristo no vosso coração, pela fé, estando vós arraigados e alicerçados em amor, afim de poderdes compreender, com todos os santos, qual é a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais tomados de toda a plenitude de Deus (Ef 3.14-19).

Quinto, é necessária para vencermos as tentações e provações. Jesus nos exorta: Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca (Mt 26.41). A oração é o que nos sustenta nas provações: Não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que a ele clamam dia e noite, embora pareça demorado em defendê-los? Digo-vos que, depressa, lhes fará justiça (Lc 18.7-8).

Sexto, é o remédio de Deus para combater a ansiedade e o stress da vida atual. Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus (Fp 4.6-7). A nossa ansiedade revela incredulidade e ausência de comunhão com Deus. Isso deixa-nos perdidos: Faze-me ouvir, pela manhã, da tua graça, pois em ti confio; mostra-me o caminho por onde devo andar, porque a ti elevo a minha alma (Sl 143.8).

Sétimo, ela nos ajuda ser cheios do Espírito Santo. Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais o Pai celestial dará o Espírito Santo àqueles que lho pedirem? (Lc 11.13). Se somos filhos, já temos o Espirito. O que é prometido aqui é a plenitude do Espírito. E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito (Ef 5.18).

Concluo, reconhecendo as dificuldades de se manter um momento devocional diário (falta de tempo, agenda cheia, cansaço físico e outros). Mas, se é tão importante, precisamos insistir e perseverar. Que Deus nos ajude e nos fortaleça.

Rev. Arival Dias Casimiro

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário